Subscrever Newsletter
home » os nossos projectos » integração » banco de ajudas técnicas desportivas

Banco de Ajudas Técnicas Desportivas

Mudanças que eliminam barreiras

Para mais informações consulte o Regulamento e veja em baixo o vídeo:

Muitas pessoas com deficiência motora não possuem os recursos financeiros necessários que lhes permitam a prática de desporto com regularidade. Esta é de extrema importância para o seu desenvolvimento físico, psicológico e social e para a melhoria da sua qualidade de vida, integração na sociedade e superação de obstáculos do dia-a-dia.

A Associação Salvador recebe anualmente inúmeros pedidos de ajuda neste âmbito, quer de atletas federados, quer de pessoas que querem iniciar um percurso desportivo. O Banco de Ajudas Técnicas Desportivas procura dar uma resposta a estes pedidos, abrindo anualmente candidaturas para atribuição de apoios.

O Banco de Ajudas Técnicas Desportivas não seria possível sem o financiamento do BPI no âmbito do projeto BPI Capacitar. Em 2017, serão atribuídos equipamentos novos ou em 2ª mão num valor total de 30.143,2€. 

Tem um equipamento desportivo antigo que já não usa? Aceitamos doações!

A Associação Salvador apenas aceitará candidaturas submetidas pelo formulário online. Pode preparar as suas respostas em papel, mas depois deve passá-las para o formulário online. Descarregue aqui o formulário para imprimir.

O Banco de Ajudas Técnicas Desportivas destina-se a apoiar preferencialmente casos que não encontraram resposta dentro dos programas de apoio promovidos pela Segurança Social, Ministério da Saúde, federações/clubes desportivos ou outros.

Na edição de 2017, a Associação Salvador irá financiar:

  • Equipamentos novos: até 90% do custo efetivo do apoio solicitado, até um limite de 9000 euros, sendo que o candidato terá que pagar o valor restante como caução. 
  • No caso de equipamentos em 2ª mão: o candidato terá que pagar uma caução de até 5% do valor atual de mercado do equipamento, e ainda comparticipar eventuais reparações (caso sejam necessárias).


Não perca esta oportunidade e aposte no Atleta que há em si! 

 

RESULTADOS:

Ana Correia | Aveiro | Paralisia cerebral | Jogo de Bolas de Boccia

José da Silva Santos | Porto | Paralisia Cerebral | Máquina de Remo Indoor Concept2 D

Daniel Tristão | Setúbal | Paraplegia | Cadeira de Rodas de Basquetebol

Micael Grilo | Açores | Paraplegia | Handbike em 2ª mão

Tiago Pais | Setúbal | Paraplegia | Cadeira de Rodas de Andebol

Cristiano Magalhães | Porto | Paraplegia | Handbike em 2ª mão

Lassana Indjai | Lisboa | Paraplegia | Cadeira de Rodas de Basquetebol

Alice Moreira | Porto | Paralisia Cerebral | Jogo de bolas + Calha de Boccia

Avelino Andrade | Porto | Miopatia-Centronuclear | Calha de Boccia

Margarida Marques | Aveiro | Distrofia Muscular das Cinturas | Servomecanismo de Vela Adaptada

Diogo Castro | Porto | Atrofia da Espinal Muscular | Jogo de Bolas + Calha de Boccia

Hélder Mestre | Lisboa | Tetraplegia | Hanbike Híbrida de Acoplamento

Rui Miguel Pedro | Lisboa | Paraplegia | Cadeira de Rodas de Basquetebol

Isaura Lopes | Braga | Osteogénese imperfeita | Jogo de Bolas de Boccia

António Freitas | Madeira | Tetraplegia | Jogo de Bolas de Boccia

Raquel Miranda | Coimbra | Acidúria glutárica tipo 1 | Jogo de Bolas de Boccia em 2ª mão

Joaquim Soares | Porto | Paraplegia incompleta | Cadeira de Ténis em 2ª mão

José Sousa | Porto | Amputado | Cadeira de Rodas de Ténis

António Almeida | Porto | Hemiparésia | Raquete e borrachas para Ténis de Mesa

 

Parabéns a todos!! 

Em resumo
  • O período de candidaturas para o Banco de Ajudas Técnicas Desportivas 2017 terminou a 31 de Março.
  • Os resultados serão divulgados e a cerimónia de entrega dos apoios realiza-se, quarta-feira, dia 21 de junho!