A história do Luís - Apoiado em AQV 2018
Notícia 11/03/2019

Prestes a terminar o prazo de candidaturas para a Ação Qualidade de Vida 2019, pedimos a três pessoas que foram apoiadas na edição anterior, para que explicassem um pouco qual o impacto deste apoio nas suas vidas.

Quisemos saber como chegaram até à Associação Salvador, como trataram do processo à candidatura ao projeto e o que mudou nas suas vidas com este apoio recebido.

O Luís Ramalho teve um acidente de viação em 1999 que o deixou paraplégico. Refere que os primeiros 3 anos foram extremamente complicados, face à aceitação da sua nova condição física, mas conseguiu ao final a obter novamente a sua independência a todos os níveis. Em 2006, começou a praticar atividades desportivas, com o basquetebol adaptado, jogando em diferentes equipas durante 8 anos. Mais tarde, foi convidado pelo seu amigo Luís Brito a praticar vela ligeira através do projeto “Vela Solidária”, em Portimão. É agora atleta federado pelo Iate Clube Marina de Portimão, treina assiduamente para obter os melhores resultados possíveis e participou em 2017 no campeonato europeu em Meze (França).

Com 42 anos, Luís candidatou-se ao projeto Ação Qualidade de Vida em 2018 e foi apoiado com equipamento desportivo para a prática da vela adaptada.

AS – Como conheceu a Associação Salvador? E a Ação Qualidade de Vida?
Luís – Conheci através da internet e pelo Guilherme Ribeiro.
 
AS – Como fez a sua candidatura?
Luís – Fiz através do site da Associação Salvador.
 
AS – Que dificuldades tinha antes de receber o apoio? De que forma o apoio mudou a sua vida?
Luís – Antes de obter este equipamento andava sempre molhado e cheio de frio quando ia para o mar. Agora estou muito bem equipado, sempre seco, sem frio e melhor preparado para os treinos e competição.
 
AS – Como e a quem gostaria de agradecer a entrega deste apoio?
Luís – Eu gostaria de agradecer a todos vocês na Associação Salvador, visto que todos trabalham incansavelmente para nos proporcionar melhores condições para o nosso dia a dia.
 

A Associação Salvador recebe anualmente inúmeros pedidos de ajuda de pessoas com deficiência motora, os quais não pode apoiar aleatoriamente sem a definição de critérios e requisitos. Para ser possível dar uma resposta mais justa à variedade de pedidos recebidos, a Associação Salvador criou, em 2008, a Ação Qualidade de Vida, processo de candidatura anual para atribuir apoios diretos e pontuais a pessoas com deficiência motora e comprovada falta de recursos financeiros.

A Ação Qualidade de Vida visa assim apoiar casos que não encontraram resposta dentro dos programas de apoio promovidos pela Segurança Social e /ou Instituto de Emprego e Formação Profissional, ou outros. ‘Cabe-nos a nós enquanto associação criar as ferramentas para que possa intervir.’, realça Salvador Mendes de Almeida.

 

 

  • "Antes de obter este equipamento andava sempre molhado e cheio de frio quando ia para o mar.", Luís Ramalho
    "Cabe-nos a nós enquanto associação criar as ferramentas para que possa intervir.", Salvador Mendes de Almeida.

Envolva-se Faça parte desta causa!

O seu apoio é muito importante. Fazer a diferença na vida das pessoas com deficiência motora está ao seu alcance.

Quero Ajudar
Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.