Associação Salvador lança petição por uma época balnear mais inclusiva
Notícia 12/06/2020

O isolamento que vivemos nos últimos meses é sentido há muito tempo pelas pessoas com deficiência motora. Uma das principais causas deste isolamento é a falta de acessibilidades. A Associação Salvador luta diariamente para combater esta realidade.

Os obstáculos, que são diários, existem dentro de casa, nos prédios, nos transportes, nos serviços públicos, nos restaurantes, nas praias.

Depois deste período de confinamento, começamos calmamente a voltar à normalidade. Com a época balnear já iniciada em alguns Concelhos e a iniciar-se noutros, muitos portugueses voltaram a sorrir com este momento que tanto anseavam. Mas, infelizmente, nem todos têm motivos para sorrir.

Neste sentido, a Associação Salvador vem manifestar a sua preocupação e indignação, em defesa das pessoas com deficiência motora, pelo facto de este ano não existirem praias com a distinção de Praia Acessível nas zonas mais próximas de Lisboa, nomeadamente nos concelhos de Cascais e Sintra, não tendo sido submetida qualquer candidatura durante este ano.

Assine AQUI a petição e junte-se a nós neste apelo às Câmaras Municipais por uma época balnear mais inclusiva.

  • Associação Salvador manifesta a sua preocupação e indignação, em defesa das pessoas com deficiência motora, por este ano não existirem praias com a distinção de Praia Acessível nas zonas mais próximas de Lisboa.

Envolva-se Faça parte desta causa!

O seu apoio é muito importante. Fazer a diferença na vida das pessoas com deficiência motora está ao seu alcance.

Confie 0,5% do seu IRS à Associação Salvador, sem qualquer custo.

Para consignar o seu IRS, ao preencher a declaração, coloque o nosso NIF 506 723 364 no Campo 11, fazendo uma cruz em Instituições Particulares de Solidariedade Social.

Simples, rápido e sem custos para si.

Quero Ajudar
Atenção, o seu browser está desactualizado.
Para ter uma boa experiência de navegação recomendamos que utilize uma versão actualizada do Chrome, Firefox, Safari, Opera ou Internet Explorer.